Não havia lugar algum para ir senão todos os lugares

Quando foi que você se tornou adulta? Eu lembro, foi em 2013. 

Apesar de ter saído de casa já quase 4 anos, foi esse ano que eu vi que o buraco é mais embaixo. Eu sai complemente da minha zona de conforto. Meu 2013 mesmo teve 6 ou 7 meses, todo o resto foi apenas e duplicação do ano anterior, legal… mas apenas uma duplicação. Meu ano começou aprendendo que não é porque que você tem uma melhor amiga que ela não será capaz de te sacanear. Melhores amigos só são melhores amigos porque moram em casas diferentes, caso se aguentem numa mesa casa, parabéns, você tem um irmão. Aprende-se que mesmo que você facilite a mudança de vida de uma pessoa, gratidão não é exatamente o que você vai receber e aceitar a ingratidão é um copo de limonada azeda e vencida que você toma num gole só, como quem toma remédio, tem que engolir pra curar. Esse ano aprendi a conviver com gente vazia, lenta, mesquinha e perdida. As que não aprendem nada com a vida, procuram na justiça algo que não aprenderam em casa.

Para curar tanto desgosto eu também tomei um remédio homeopático chamado ponte-aérea. Muitas sextas-feiras eu morria do coração tentando chegar no aeroporto a tempo, cheguei a segurar porta de avião pra Carol conseguir embarcar comigo, briguei com motorista da van porque ele atrasou a saída e eu quase perdi o voo, madruguei várias vezes para chegar a tempo no trabalho. Tudo valeu a pena. Vi meu avô pela última vez, passei dia das mães com minha avô/mãe, participei da formatura de uma grande amiga, participei do são joão da minha cidade, passei natal em casa, visitei velhos amigos e outros lugares. Na Itália aprendi a apreciar a solidão de andar sozinha e fazer o que der na telha. Na Turquia eu fui rainha hahaha! Na Espanha foi o choque de realidade que eu até então apenas achava que tinha… O aeroporto foi um grande copo de chocolate quente da Starbucks, que você morre de preguiça de entrar na fila, chora por ser tão caro, bebe devagar pra durar mais e é delicioso! ♥

montagem2

montagem

Continuar no Rio foi uma decisão que fiz esse ano e por isso eu apostei alto na minha vida profissional arriscando ficar longe de pessoas importantes pra mim. Passei por empresas boas, péssimas e legais. É óbvio que a péssima é que marca mais e também é aquela empresa que você aprende mais. Mas a péssima  trouxe ótimas amigas, choramos juntas as dores de uma chefe escrota, de uma estrutura de trabalho precária, de um salário ridículo e uma gerente maluca. Todo dia era uma conversa amargurada de que “mandei currículo mas até agora nada” até que deu certo pra mim, pra uma, pra outra.

Pela graça de Deus pude ficar no mesmo teto o ano inteiro (ao contrário de 2012 que eu me mudei apenas 4 vezes), mas quase que perdi esse teto. Foi nos 45 minutos do segundo tempo que eu escapei de ser homeless. Quase voltei pra Campina, desisti de tudo, chutei o balde. Foi quase…

2013 foi o ano que eu vi mais casamentos e bebês na minha timeline, pela primeira vez me senti pressionada pela idade. Mas para tudo e todos existe um tempo, eu continuo com 22 anos  de juízo e to mais ou menos feliz assim. Confesso que to cansada e preciso amarrar o barquinho num porto e ficar por lá, mas quem sabe em 2015 né? :P Ah.. eu simplesmente acho que sou muito nova pra essas coisas, mas Deus sabe muito mais, então deixo Ele tomar conta disso sem pressa ta?

O flipagram me deu uma ideia boa de quanto meu 2013 foi divertido e eu passei 1/3 dele reclamando, como boa chata que sou. Fui injusta com ele, viajei mais que o normal e muito mais do que eu pretendia. Morri de saudades de pessoas e coisas que nunca imaginei que iria sentir. Por um minuto achei que tinha me apaixonado de novo, mas não era amor, era cilada, cilada cilada, passou. Continuo apaixonada pela única coisa que me faz viva, viver.

Feliz Ano Novo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s