Lyon – Day 3

Acordei mais apaixonada por Lyon. Antes de viajar eu mal pesquisei o que fazer nessas cidades e tava com medo de não ter absolutamente nada pra fazer lá haha :D Decidi tirar o último dia pra ir no Museu Lumière pois seria um dia cinzento e com chuva. Eu tava esperando muito desse museu e pensei que iria passar o dia todo lá.

Como o museu não fica na zona turística de Lyon eu decidi ir de bicicleta. Liguei o gps do celular e fui na fé. Um frio desgraçado na fuça mas uma economia de 1.80 do metro hahaha Pra usar a bicicleta basta ter um cartão de crédito mas você não é cobrado se usar por meia hora, caso ultrapasse a meia hora você paga €1 pela hora de utilização :) Super simples! Pra retirar de novo a Bike, guarde o papel que é dado quando você faz a primeira utilização, esse será o seu número de identificação.

IMG_8828

O passeio foi super agradável e deu uma esquentada no corpo que tava sofrido demais. Perto do Museu deixei a bike e comecei a observar que todos os nomes de ruas são em forma de claquete, muito bonitinho.

IMG_8829

O Museu Lumière é exatamente a casa onde os irmãos Lumière moraram durante grande parte  da vida e foi lá que fizeram a primeira filmagem em 1895, considerado o nascimento do cinema. O nome do filme é “La Sortie de l’usine Lumière à Lyon” Eu cansei de ver esse filme na faculdade mas me ensinaram que o nome era: “La Sortie de l’usine” eu não sabia que tinha sido em Lyon nem muito menos que era propriedade da família :P Ver a cena contextualizada é muito mais interessante! A tal fábrica ficava na parte da frente do terreno e eu só conseguia imaginar eles criando trilhões de coisas dentro de casa e depois indo pra fábrica pra “brincar”. Era um complexo enorme e logo na entrada você já vê uma maquete de como era a área na época.

muito fofo a reprodução do video na parede da maquete!

muito fofo a reprodução do video na parede da maquete!

E aqui o filme. Dá pra reconhecer a arquitetura da entrada e eles colocaram um painel de vidro muito legal na entrada que da pra entender realmente como a cena foi feita.

Existem placas no chão homenageando aqueles que ajudaram no processo de desenvolvimento do cinema como exemplo Daguerre e Niépce, que desenvolveram processos que culminaram na fotografia. O resto do museu você encontra mais objetos que os irmãos usaram para propagar e desenvolver o cinema. Também tem um documentário (legendado em inglês) que conta toda a história deles.

IMG_8830

É possível ver como a ideia do cinema foi concebida através de vários instrumentos como o Praxinoscópio (valeu Nathan!). Câmeras antigas, processos de colorização de fotos e alguns produtos da fábrica Lumière. Do lado de fora existe um grande painel com a foto de vários cineastas reproduzindo a “saída da Fábrica Lumière” e entre eles está Cacá Diegues, grande cineastra brasileiro! :D Do outro lado da rua tem uma plaquinha dizendo “foi exatamente daqui que os irmãos Lumière se posicionaram para fazer o primeiro filme da história” Demais! Eu esperava muito mais conteúdo no museu mas mesmo assim foi espetacular a visita :D

IMG_8831

IMG_8833

“O cinema diverte o mundo inteiro. O que poderíamos ter feito de melhor e que nos dá mais orgulho?” Louis Lumière

IMG_8832

Peguei minha bicicletinha e voltei pro centro de Lyon. Eu lembrava que tinha visto em um blog sobre umas pinturas em prédios abandonados que imitavam “cenas do cotidiano” francês e que dava outra vida a cidade. Fui atrás desses muros mas não achava no google o nome deles até que devolvi uma bike e na minha fuça estava um! ♥ Aí foi fácil achar o resto… de bicletinha mesmo catei mais alguns… Em alguns eles retratam personalidades famosas de Lyon como os irmãos Lumière e colocam janelas onde não existem janelas. Nas fotos não sei se da pra perceber mas muitas janelas são apenas desenhos! Muito legal.IMG_8863

Depois da bicicletada eu fui finalmente experimentar a culinária de Lyon. Voltei no mesmo restaurante que tava lotado e como era segunda feira tava mais calmo. Pedi o Plat du Jour. Aqui na França existe uns “combos” que eles chamam de Formule, é sempre entrada, prato principal e sobremesa com preço fixo. O meu foi meio carinho, €15, mas eu pagaria de novo e de novo. A comida estava sensacional! Eu nunca fui grande fã de salada mas aqui eu tenho comido bastante porque eles sabem me enganar direitinho colocando um pratão de salada com um creme delicioso de queijo como entrada, já com a salada eu fiquei bem satisfeita. O prato principal típico de Lyon era TRIPA hahahhahaha daí eu num quis não :P Pedi uma lasanha de salmão DELÍCIA! A sobremesa era qualquer coisa com chocolate, bom também. O restaurante é o A La Traboule e fica pertinho da Catedral de Saint Jean.  E aqui está o Formule sucesso de Lyon:

IMG_8864

Depois desse dia voltei pro hostel pra hibernar, Milão me esperava no dia seguinte ♥

Lyon ficou na lista das melhores cidades que já visitei! :)

à tout!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s