Vale do Loire – França

Eita que eu to com a gota! Quando eu comecei esse blog eu nunca imaginei que eu iria alimentá-lo tantas vezes, delícia :D

Então, eu e minha flatmate embarcamos numa excursão de colégio (cursinho de francês) pra vistar os ricos castelos do Vale do Loire, interior da França. Consiste em uma área de mais de 300 castelos que datam do século X atééé num sei quando :P, lá  se concentra o maior número de castelos em todo o mundo. Só que, tivemos a grande ideia de ir pra uma festa na noite anterior e esquecemos de voltar pra casa a tempo de fechar os olhos… O ônibus partia as 6:15 da manhã e as 6h estavamos catando tudo pra não perder o bonde! Eita carreira! Conseguimos :D E claro, as novinha aqui não é mais novinha né? a gente chegou no primeiro castelo se arrastando por 3L de água e um sofazinho mais próximo.

vários efeitos na foto e um óculos escuros, estamos novas!

O primeiro castelo que visitamos foi o Château de Blois e que a gente viu em 5 minutos. Não me encantou muito… cidade era mais interessante, bem bonitinha como todas as cidades do interior da França. Minha opinião, o Château de Blois pode passar batido viu?

   

Blois

Levamos um banho de chuva bem básico pra acordar pra vida e seguimos pra conhecer outro castelo, o Chenonceau, do século 11, que pra mim foi um dos mais lindos! E que tem uma história muito legal, ele foi construído (ou mandado construir) exclusivamente por mulheres, ele é conhecido por “castelo das damas” e deve ser por isso que ele é tão lindão! Há dois jardins no castelo e um labirinto de plantas que são maravilhosos. Quando você visita é possível adquirir o audio guiado junto com o bilhete, existe em várias línguas e o áudio é um Ipod! Daí você mesmo pode ver videos, fotos e mudar a língua quando quiser #interatividade

   

Pena que a excursão foi mal planejada porque tivemos pouquíssimo tempo pra explorar o castelo :( ps. escrevendo esse post notei que no papel da excursão tinha uma visita ao castelo de Saumur que parece ser bem lindão e a visita não aconteceu! #procon Mas olha que lindão:

Chateau de Saumur, Saumur, France

#chatiada

No dia seguinte o tempo deu uma melhorada e fomos visitar outro castelo bem interessante, o Fontevraud que na verdade não é um castelo é uma abadia que já foi prisão, igreja, monastério, necrópole, djabo a 4 e que foi fundada em 1101. Funcionou durante muito tempo como monastério mas foi transformado, durante a revolução francesa, em prisão, que funcionou ate 1963. Inclusive um dos ex-guardas ainda mora na cidade. Porém, ao meu ver, prisão e monastério não tinha diferença nenhuma uma vez que os religiosos não tinham direito a fazer absolutamente nada, até pra comer eles tinham apenas 45 min só que 20min era de leitura da bíblia antes de comer haha e só podia comer 2 vezes ao dia #Deeeeusquemelivre

E sabe aquelas cantorias religiosas que a gente conhece como canto gregoriano? Então, o prédio dava muito eco e como eles não tinha um microfone pra fazer todo mundo escutar o que era dito, eles cantavam as informações. A guia cantou pra gente e foi muito bonitinho. É interessante porque eu que já to cansada de ver igreja por aqui, pela primeira vez vi uma igreja completamente vazia, sem bancos, sem santos sem vitrais, ela por dentro é toda branca, sem nada.

 

Hoje o espaço é destinado, além de visitas turísticas, eles fazem shows! Imagina que massa um show dentro de uma igreja! No primeiro andar tem um espaço de artes muito massa. Uma instalação com barcos e bastões pendurados que fazem barulho de cristais quando se batem (não sei descrever sons, bjs) e depois de toda a história de prisão e gente ficando doida por conta da castidade e bla bla bla você viaja na instalação. Hoje a abadia é considerada patrimônio mundial pela Unesco e uma informação interessante é que arqueólogos ainda trabalham no local e a guia disse que a cada visita que ela faz, uma informação nova é adicionada pois eles ainda estão descobrindo muitas coisas sobre o local. Enfim, almoçamos por lá e aproveitamos o sol que fazia tempo que a gente não via.

Eu estudando cof cof

 

E aíííí pra terminar o final de semana, fomos para o Chateau de Brissac que pertence a família Brissac que é tem um vinho que é delícia! O castelo em si é bonitão e é engraçado ver as fotos da família espalhados pela casa, a gente ta acostumado a ver quadros de pessoas que parecem personagens mas quando você ve um piano cheio de fotos em preto e branco e algumas até coloridas cai a ficha de que: pessoas viveram mesmo aqui. O massa desse castelo são duas coisas:

1– Existe um teatro de ópera dentro do castelo porque a dona simplesmente queria ser cantora lírica e txum vou ~fazer meu próprio teatro~, #básico e

2– Esse é castelo de Caras hahahaha A revista mentirosinha que manda os artistas para tirar foto lá dizendo que é o castelo de Caras, pia mermo! A entrada é €10 amor, tem nada de glamour viu? Até eu fui capa da Caras depois dessa.

pia a foto do castelo de caras hahaha

   

O fim de semana se findou e foi um passeio que valeu muito a pena. Quem quiser conhecer mais castelos faz uma busca aí no google que tem uns lindões e venham no verão pra não ter a infelicidade de tirar fotos na chuva. Ah! Outra coisa, existe um passeio de balão por lá que dá pra ver todos os castelos de cima, andar de balão é algo mágico, fiz isso na Turquia e me apaixonei! Nossa viagem saiu por €85, baratim :)

eu fingindo ser feliz :D

  A próxima viagem nesse blog seria para Barcelona mas ~eu perdi o vôo~ quéeén.

Então, até sei lá quando :)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s